quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Vim para compartilhar...

Faz tempo que não apareço por aqui, mas estou sem acesso a net, to "emprestada" hoje...hehehe

Bom, há mais ou mneos uns 20 dias passei por momentos turbulentos no trabalho, a chefia já a muito não me agradava, as mentiras, falta de ética, compromisso, cobranças infundadas, desconfianças e falta de compromisso com a lei.
Há uns 2 meses tive uma conversa muito produtiva com meu pastor, e ele além de me apontar passagens que embasavam minha honestidade acima de todas as coisas, meu relacionamento com Deus e a verdade, ainda me disse: o Senhor teu Deus acima de todas as coisas, inclusive o senhor do seu trabalho. Coloquei de forma árdua em oração diante de Deus que me abrisse uma porta de emprego noutro lugar e que a verdade sempre aparecesse, acima de todas as coisas...Nesses, 20 dais atras que mencionei, a coisa deu uma reviravolta, fui enovlvida em calunica, mentira, e até roubo nesse ambiente de trabalho. Foi provação atras de provação, e eu estando certa com provas cabiveis de que não havia errado.
Deus ouviu minhas orações, fui selecionada para outra empresa, que pagará bem melhor do que ganhava e com a possibilidade de crescimento profissional. Fiquei, confesso, angustiada e até em duvida, se deveria ou não trocar de trabalhao, pois ainda que com todos os problemas, tinha o certo nas mãos.
Mais uma vez coloquei diante de Deus com jejum e oração minahs duvidas e pedi que ele fosse tirando a venda dos meus olhos para que realmente enxergasse as pessoas que tinha diante de mim...
Vi, que Deus não falha, e que se pedimos para que Ele nos mostre, ele nos mostrará, esteja você pronto para enxergar.
Chorei....chorei pois via, mas não enxergava...a cortina se abriu e as pessoas que de certa forma admirava e até acreditava foram vindo a tona com seu caráter e as mentiras vieram sendo desvendadas...
Hoje, tenho a agradecer a Deus pois o dinheiro que fui acusada de ter sumido apareceu, na conta da pessoa que deveria ter pago, e agora ela fará a transferencia novamente. A prova foi dada, da minha honestidade e sempre confiança em Deus...aqueles que me acusaram, que se enxerguemagora, pois estou limpa diante de Deus...sempre estive!
O novo trabalho não se iniciou, talvez após o dia 10...mas em oração já o coloco diante de Deus, ambiente, colegas de trabalho, rotina diária, etc...Agradeço a Deus pelo novo salário e a nova oportunidade que me presenteou.
Me chatiei, magoei, fui caluniada injustamente...Mas Deus sempre esteve acima de todas as coisas, e hoje me sinto feliz por saber que temos em quem confianr, sempre!

Nos ,momentos de desespero veio o salmo 94, onde uma irmã em oração me sugeriu:


1
Ó SENHOR Deus, a quem a vingança pertence, ó Deus, a quem a vingança pertence, mostra-te resplandecente.
2
Exalta-te, tu, que és juiz da terra; dá a paga aos soberbos.
3
Até quando os ímpios, SENHOR, até quando os ímpios saltarão de prazer?
4
Até quando proferirão, e falarão coisas duras, e se gloriarão todos os que praticam a iniqüidade?
5
Reduzem a pedaços o teu povo, ó SENHOR, e afligem a tua herança.
6
Matam a viúva e o estrangeiro, e ao órfão tiram a vida.
7
Contudo dizem: O SENHOR não o verá; nem para isso atenderá o Deus de Jacó.
8
Atendei, ó brutais dentre o povo; e vós, loucos, quando sereis sábios?
9
Aquele que fez o ouvido não ouvirá? E o que formou o olho, não verá?
10
Aquele que argüi os gentios não castigará? E o que ensina ao homem o conhecimento, não saberá?
11
O SENHOR conhece os pensamentos do homem, que são vaidade.
12
Bem-aventurado é o homem a quem tu castigas, ó SENHOR, e a quem ensinas a tua lei;
13
Para lhe dares descanso dos dias maus, até que se abra a cova para o ímpio.
14
Pois o SENHOR não rejeitará o seu povo, nem desamparará a sua herança.
15
Mas o juízo voltará à retidão, e segui-lo-ão todos os retos de coração.
16
Quem será por mim contra os malfeitores? Quem se porá por mim contra os que praticam a iniqüidade?
17
Se o SENHOR não tivera ido em meu auxílio, a minha alma quase que teria ficado no silêncio.
18
Quando eu disse: O meu pé vacila; a tua benignidade, SENHOR, me susteve.
19
Na multidão dos meus pensamentos dentro de mim, as tuas consolações recrearam a minha alma.
20
Porventura o trono de iniqüidade te acompanha, o qual forja o mal por uma lei?
21
Eles se ajuntam contra a alma do justo, e condenam o sangue inocente.
22
Mas o SENHOR é a minha defesa; e o meu Deus é a rocha do meu refúgio.
23
E trará sobre eles a sua própria iniqüidade; e os destruirá na sua própria malícia; o SENHOR nosso Deus os destruirá.

Agradeço a Deus o cuidado sempre presente, seu amor incondicional e a certeza de que Ele tudo sabe, tudo ve, tudo ouve.

Paula Beça

Um comentário:

ºGEISAº disse...

Paula querida!
Que bom que vc escreveu esse testemunho de vitória aqui no blog!
É muito edificante... eu já sabia da história, mas lendo agora me emocionei muito e realmente pude ver o poder de Deus na sua vida!
Agora é só vitória amiga!
As lutas vem, mas Ele já venceu e com Ele somos MAIS que vencedores!!
Bjs!